TÉCNICAS DE POSTURA EM PÉ E SENTADA - Cristiane Cantele
7 meses

TÉCNICAS DE POSTURA EM PÉ E SENTADA

Olá, tudo bem?

Hoje vamos falar sobre um assunto sério e recorrente em profissionais que permanecem longos períodos de tempo sentados: dores e desconfortos na região da coluna vertebral, do quadril e das articulações.

Normalmente, isso ocorre por que a circulação sanguínea fica comprometida e as curvaturas fisiológicas da coluna vertebral passam a entrar em desequilíbrio. Por esta razão, sempre devemos incentivar a alternância postural, ou seja, alternar entre ficar sentado e ficar em pé.

A postura pode ser definida como o alinhamento dos ossos e músculos. Quando mantemos a boa postura, distribuímos as pressões corporais de maneira mais uniforme, evitando desta forma desgastes e desconfortos.

Preparei algumas técnicas que irão facilitar a sua postura nestas posições:

  • Procure manter sua coluna em posição fisiológica, ou seja, as curvas fisiológicas da coluna vertebral devem ser mantidas. Por esta razão escolha uma cadeira que atenda esta necessidade.  
  • O pescoço não deve ficar muito inclinado para frente, nem para trás. Observe sempre o monitor para que fique alinhado;
  • Posicionar os ombros levemente para trás, cuide para evitar ficar “corcundo”;
  • Os antebraços devem estar apoiados na cadeira ou na mesa;
  • A coluna lombar deve estar apoiada e apresentar uma leve lordose, quando olhar de lado a coluna deve ficar com um leve “S”;
  • Mantenha seu abdômen contraído;
  • Evite cruzar as pernas;
  • Mantenha seus pés apoiados no chão ou no apoio para pés;

Na posição em pé é muito importante manter o abdômen contraído e mais uma vez manter as curvaturas fisiológicas da coluna vertebral. Além disso, cuide para distribuir o peso uniformemente, ou seja, em ambas as pernas. Quando for caminhar, procure sempre cuidar para colocar primeiro o calcanhar e depois a planta do pé, assim você estimula a circulação sanguínea com o estímulo da contração da panturrilha.

No entanto, a boa postura depende do equilíbrio e da nossa própria percepção corporal. Também é necessário fazer exercícios de fortalecimento e alongamento regularmente! Procure sempre um profissional para avaliar e indicar os melhores exercícios.

Gostou dessa matéria?